Morte da Menina Isabella

24 abril 2008

Faz um bom tempo que isso é assunto frequente em rodas de conversa, em fóruns, nos jornais, revistas… enfim, em tudo quanto é lugar isso está rodando. Portanto, nem é preciso descrever nada disso, porque até quem não queria saber (como eu), já sabe de trás pra frente o que aconteceu.

Bom, mas e aí? E aí que eu gostaria de chamar a atenção dos senhores e senhoras, respeitável público, ao fato de isso não merecer nem um décimo da atenção que foi dispensada. Claro, foi trágico, foi terrível. Contudo, sejamos racionais: quantas tragédias muito piores que essa sequer foram divulgadas.

Logo, é deduzível que é apenas algo muito útil às incompetentes autoridades do país. Com todo mundo chorando a morte da menina, quem vai ligar prum desviozinho de alguns milhões?

Acho engraçado os milhões de pessoas que fazem faixas, infestam o YouTube com vídeos de homenagem, choram pela menina dizendo que jamais a esquecerão. Lembra-me um caso muito parecido ocorrido há pouco tempo atrás, do João Hélio. Milhões de pessoas nunca iam esquecê-lo, hoje não duvido que apenas umas milhares realmente se lembrem.

Entendam, vocês não precisam sentir pena dela só porque dizem que você tem que faz. Aprenda a analisar bem uma situação antes de ser levado apenas pelo emocional. Centenas (talvez milhares) de pessoas morrem de fome todo dia. Num mundo que a produção de alimentos é comprovadamente suficiente para alimentar toda a população mundial, e ainda sobra, isso sim devia causar revolta. Mas não. O que é diferente causa repulsa no ser humano, o que é a principal base do preconceito (e aqui não falo só de racismo [e racismo também não é só preconceito contra negros]). Se crianças caissem de apartamentos diariamente, isso não seria noticia. Seria corriqueiro, esperado.

Bom, imagine um mundo que seja normal ver, vez ou outra, uma criança caindo da janela e as pessoas não dando muito importância a isso. Triste? Concordo. Agora imagine um mundo que seja normal pessoas dormindo na rua e comendo lixo, pedindo esmola, desigualdades sociais grotescas, famílias morrendo de sede no sertão brasileiro pela ganância de poucos e muito mais. Parei a lista com poucos exemplos, mas agora pense, mas pense bem mesmo: vale a pena ficar chorando mais de um mês, de uma semana, de um dia a morte da tal menina? Espero que, se você não for parente ou amigo pessoal dos envolvidos no caso, a resposta seja não. Não por você concordar comigo, não por eu mudar sua opinião, mas por dar esperanças de que nesse país alguem ainda consegue pensar!

Críticas (e não insultos) são bem-vindas.

Anúncios

O Começo

24 abril 2008

Temos que começar de algum lugar, afinal. Há algum tempo vinha considerando a idéia de abrir um blog, então, aqui está.

Difícil dizer sobre o que exatamente será o blog. Provavelmente verão aqui um misto de política, história, críticas, atualidades, filosofia. Quem sabe, um pouco de humor e música também. Há também possibilidade do blog tratar assuntos relacionados à Geografia, Astronomia, Física…

Enfim, só o tempo dirá o que realmente vai ser essa Insanidade. Com um pouco de sorte, alguns insanos até gostem disso aqui, então vamos ver no que dá.