Caso Eloá – Lindemberg

Enfim, outro caso ridículo na história do país. Sequestros acontecem todo dia, toda hora. Pessoas morrem todo dia, toda hora – e de formas muito mais cruéis e sofridas que essa. É incrível ver a maioria não-pensante que existe no mundo.

Não é questão de defender o assassino, nem questão de condenar ele. A questão é, de novo, da mídia excessivamente sensacionalista, vendo a situação como verdadeiros urubus. Eu gostaria de saber o porque disso ser mais importante do que a situação (caótica, diga-se de passagem) econômica mundial, a qual agora é tratada quase como uma curiosidade se comparada ao caso tema desse post.

Cada vez mais eu acho que o jornalismo brasileiro se resume a progamas do estilo Superpop e Casos de Família, onde o que vale é o sensacionalismo, a bizarrice, o foco em banalidades e a banalização do que deveria ser focado.

A propósito, alguem lembra do João Hélio? Alguem lembra da Isabella? Alguem lembra do garoto fuzilado pela polícia? A maioria não. Alguem se lembra que está acontecendo uma guerra no Iraque? Acho que não. Alguem se lembra que tem gente morrendo de fome no sertão nordestino? Que se danem eles, não é?

Muito se comenta a atuação da polícia. Alguém já parou pra pensar que o preparo e a infra-estrutura das polícias brasileiras é uma porcaria? Já perceberam também que eles se encontram entre a faca e a espada? Sim, porque se eles atiram antes e perguntam depois, são assassinos despreparados. Se eles perguntam antes e atiram depois, são inatuantes. E alguem já parou pra pensar que por mais que alguem erre, é um ser humano? Imagine você na situação dos policiais, dar a ordem para matar uma pessoa que tinha a chance de ser salva junto com as outras? É complicado.

Não estou defendendo que deviam ter atirado, nem defendendo que não deviam, só estou deixando claro que a polícia não tem culpa. Eles são criticados de qualquer modo. Afinal, a culpa sempre cai no elo mais fraco da corrente. Não cai nos políticos que deixam a segurança pública às moscas e que abandonem mais ainda a já lastimável educação pública brasileira, que só faz aumentar o mundo do crime. Pra que culpar eles se podem simplesmente falar que foi incompetencia da polícia? É tão mais simples, concordam?

Por fim, um viva à mídia livre. Livre para explorar tragédias familiares alheias, livre para dar proporções gigantescas a um caso brutal, mas que não merece nem um décimo da atenção que lhe foi – e que ainda será – dispensada. Enfim, um viva à mídia livre para falar merda.

Anúncios

6 Responses to Caso Eloá – Lindemberg

  1. O_Francês_Gostosão disse:

    É, pois é.

    GLOBO E SÔNIOA ABRÃO FEDEM.

  2. Swann Joutsen disse:

    Um post muito foda. O melhor até agora.

    Superpop e Casos de Família kkkkkkkkkkk

    Bizarrice kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Giuseppe MB disse:

    izabella voou para o sucesso.
    Superpop tem mais conteúdo que muito programa por aí.

    bjos.

  4. Alessandra disse:

    tudo fede

  5. maria edna pereira de freitas disse:

    eu acho que isso que aconteceu com a pobre eloá foi uma coisa que eu ámais queria que acontecesse com ninguem e eu tenho certeza que esteja onde ela estiver ela vai estar muito bem e muito melhor do aquele psicopata do lindenberg.

  6. julianna disse:

    É acho um absurdo o q aconteceu com a quela bela jovem,agora q pesso a Deus q justiça seija feita com aqueke animal do lindenberg!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: